Skip to Store Area:

Sou Saúde

Seja Bem-Vindo!

Minha Conta | Cadastro | Registro

0 Items
Total: R$ 0,00

Cápsulas de L-Lisina Spring Valley 1.000 mg - 100 tabletes

Double click on above image to view full picture

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

Cápsulas de L-Lisina Spring Valley 1.000 mg - 100 tabletes

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Esgotado.

R$ 159,90

Descrição Rápida

Frasco contém 100 tabletes.

Sugestões de Uso: Para adultos, tomar 1 tablete diariamente, preferencialmente com a refeição. Como lembrete discuta sobre os suplementos e medicamentos que você toma com seu médico.

Outros Ingredientes: Celulose Silica, Estearato de magnésio Vegetal.

Sem Glúten, sem leite ou seus derivados, sem lactose, sem açucar, sem preservativos, sem soja, sem coloração ou sabores artificiais, sem sódio (menos de 6 mg por dosagem), sem solventes químicos.

O uso destes suplementos está sendo estudado devido à possível atuação na redução das reincidências e dos sintomas do herpes (doença de pele causada pelo vírus Herpesvirus hominis, causando infecções de gravidade variada nos seres humanos)


L-Lisina Spring Valley - 1.000 mg (hidrocloridrato de L-Lisina)

No organismo, a L-lisina desempenha diversas funções como participação na síntese de proteínas e de compostos precursores à produção de energia, como por exemplo, a D-glicose, glicogênio e lipídios. Além disso, está presente na composição do colágeno e da elastina na forma de L-hidroxilisina.

Alguns estudos sugerem que a suplementação de L-lisina pode auxiliar no aumento da absorção de cálcio pelo intestino delgado e, desta forma, prevenir e tratar a osteoporose (doença onde a densidade mineral óssea se torna muito baixa, tornando o esqueleto incapaz de sustentar estresses corriqueiros, uma condição caracterizada por ocorrência de fraturas).

Diretrizes Dietéticas

A proteína sintetizada pela célula infectada do vírus do herpes simplex contém mais L-arginina do que L-lisina, L-metionina, L-felilanina, L-tirosina ou L-isoleucina, quando comparada às células normais. A nível experimental, diante dos primeiros sinais de ativação do herpes oral, 390 mg de L-lisina foram administrados a oito pacientes, que resultou na rápida remissão do vírus. Hoje, diante dos primeiros indícios de ativação do vírus, muitos médicos protocolam doses diárias em torno de 500 mg de L-lisina. Se o herpes já estiver ativo, as doses são de 1 a 6 g entre as refeições.

Daí ter se concluído que alimentos ricos em L-lisina e pobres em L-arginina, e a abstenção daqueles ricos em L-arginina e pobres em L-lisina, são diretrizes a serem levadas em conta pelos portadores do vírus da herpes simplex.
Acrescentar suas Tags:
Acrescentar Tags
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.